A Cidade Educadora para a Educação Cidadã

Aparecida Luzia Alzira Zuin, Mariana Lira Dias

Resumo


Este trabalho apresenta um arcabouço teórico sobre a ideia de Cidade Educadora e suas bases conceituais apresentadas por Bernet (1997), Faure (1973) e Villar (2001), aproximando-os a outros teóricos que combinam cidade/território-educação. Em seguida são expostos os princípios da Carta das Cidades Educadoras, documento formulado pela Associação Internacional de Cidade Educadora - AICE em 1990, dando início ao debate sobre quais ações e/ou projetos devem ser realizados para que uma Cidade seja caracterizada como Educadora. Complementa a discussão com Freire (2001; 2002, 2003, 2006), Gadotti e Padilha (2004) que apresentam as propostas de Cidade Educadora para o Brasil, juntamente com os dois conceitos que fundamentam o seu arcabouço principiológico: cidadania e participação, em vistas à Educação Cidadã. Assim, numa perspectiva metodológica qualitativa, de cunho procedimental bibliográfico-conceitual, articula o eixo educacional com o político e de planejamento estratégico urbano ao modelo de cidade aprendiz e aprendente.


Palavras-chave


Cidade Educadora; Educação Cidadã; Cidadania.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAZZI, A. La Pedagogia Sociale como teoria e prassi della società educante. Pedagogia e Vita, 1974.

AICE. Carta de las Ciudades Educadoras, La Ciudad Educadora. Barcelona: Ajuntament de Barcelona, 2013. Disponível em: < http://www.edcities.org/wp-content/uploads/2013/10/Carta-Portugues.pdf>. Acesso em: 27 abr. 2019.

ANTUNES, Ângela; PADILHA, Paulo Roberto. Educação Cidadã, Educação Integral: fundamentos e práticas. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2010.

BEILLEROT, Jacky. A sociedade pedagógica. Porto: Rés, 1985.

BERNET, Jaume Trilla. Ciudades educadoras: bases conceptuales. In: ZAINKO, Maria Amelia Sabbag (org.). Cidades Educadoras. Curitiba: Editora da UFPR, 1997.

CABEZUDO, Alicia. Cidade Educadora: uma proposta para os governos locais. bIn: GADOTTI, Moacir; PADILHA, Paulo Roberto; CABEZUDO, Alicia. Cidade Educadora: Princípios e experiências. São Paulo: Cortez, 2004. p. 45-58.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil: o longo caminho. 18. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014.

DALLARI, Dalmo de Abreu. Direitos Humanos e Cidadania. São Paulo: Editora Moderna, 1998.

FAURE, Edgar et al. Aprender a ser: La educación del futuro. Madrid: Alianza, 1973. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2019.

FREIRE, Paulo. Política e Educação: ensaios. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001a.

FREIRE, Paulo. A Educação na Cidade. 4. Ed. São Paulo: Editora Cortez, 2001b.

FREIRE, PAULO. In: GADOTTI, Moacir; PEREZ, Maria Aparecida. O projeto Educacional dos CEUs. São Paulo: PMSP/SME/SP, 2002

FREIRE, Paulo. Política e Educação: ensaios. 7 ed. (Coleção Questões da Nossa Época). São Paulo: Editora Cortez, 2003.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. A Sociedade Brasileira em Transição. 29 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

HUSEN, Torsten. La sociedad educativa. Madrid: Anaya, 1978.

SOUZA, Ivan Boere; VILAR, Alverto Jomael. Porto Alegre, cidade educadora. In: GADOTTI, Moacir; PADILHA, Paulo Roberto; CABEZUDO, Alicia. Cidade Educadora: Princípios e experiências. São Paulo: Cortez, 2004. p. 45-58.

VILLAR, Maria Belén Caballo. A Cidade Educadora: Nova perspectiva de organização e intervenção municipal. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.




DOI: https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n27p459-476

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

_________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO:

E-mail: debatesemeducacao@gmail.com

Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Centro de Educação – CEDU
Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE
Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro do Martins
57072-900 - Maceió - AL, Brasil.
Telefone: +55 82 3214 1196
Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/

ISSN ELETRÔNICO: 2175-6600

DOI (Digital Object Identifier - Identificador de Objeto Digital)

Em 14 de dezembro de 2017, a Revista Debates em Educação passou a atribuir o DOI às suas publicações, padrão para identificação de documentos em redes digitais. 

Prefixo: 10.28998/2175-6600

QUALIS/CAPES (2013 - 2016):

– Ensino B1
– Interdisciplinar B4
– Letras / Linguística B4
– Psicologia B4
– Comunicação e Informação B4
– Sociologia B4
– Educação B5

PERIODICIDADE – QUADRIMESTRAL

De 2009 a 2016, a periodicidade da Revista Debates em Educação era semestral. A partir de 2017, a revista se tornou quadrimestral, de acordo com as datas abaixo:

– Primeiro quadrimestre: jan./abr. - limite para publicar a edição 30 abril.
– Segundo quadrimestre: maio/ago. - limite para publicar a edição 31 agosto.
– Terceiro quadrimestre: set./dez. - limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação foi contemplada com o Edital Fapeal Nº 5/2016 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos e com o Edital Fapeal Nº 9/2018 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação está indexada nas seguintes bases científicas.

 

. Open Journal Systems (OJS);

. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

. Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);

. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);

. Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Diadorim);

. Directory of Open Access Journals (DOAJ);

Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE);

European Reference Index for the Humanities (ERIH);

. Google Scholar;

. Clasificación Integrada de Revistas Científicas (CIRC);

. Periódicos de livre acesso (LivRe);

. Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Cientifico (REDIB);

. Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org);

. Journals for Free (J4F);

. Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR);

. Directory of Research Journals Indexing (DRJI);

. Elektronische Zeitschriftenbibliothek (EZB);

. Bielefeld Academic Search Engine (BASE);

. World Catalog (WorldCat);

Finna | Satakunta University of Applied Sciences Library;

. CiteFactor;

International Institute of Organized Research (I2OR).

 

                 

_________________________________________________________________________________________________________________________

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.