Revisão acerca do tema Simulações Computacionais no ensino de Química (2008 – 2017)

Elisângela Oliveira Santos, Ivanderson Pereira da Silva

Resumo


Este estudo analisou a produção científica acerca do uso de simulações computacionais no ensino de Química. Objetivou mapear os trabalhos que têm esse foco em revistas nacionais da área do Ensino de Ciências, no período de 2008-2017. Foram considerados os periódicos avaliados pela Capes com estratos A1, A2 e B1. Como resultados, foram selecionadas 20 revistas. Nessas, foram verificados 4636 artigos e desses, 19 abordavam simulações computacionais no ensino de Química. Esse material foi categorizado de acordo com o tipo de estudos (se aplicado ou teórico); o nível de ensino nos quais as simulações foram utilizadas; os conceitos químicos mais utilizados; e por fim os principais autores.


Palavras-chave


Simulações; Ensino de Química; Levantamento

Texto completo:

PDF

Referências


AYRES, C.; ARROIO, A. Aplicação de uma sequência didática para o estudo de forças intermoleculares com uso de simulação computacional. Experiências em Ensino de Ciências, v. 10, n. 2, p. 164-185, 2015.

BENITE, A. M. C.; BENITE, C. R. M.; SILVA FILHO, S. M. Cibercultura em Ensino de Química: elaboração de um objeto virtual de aprendizagem para o ensino de modelos atômicos. Química Nova na Escola, v. 33, n. 2, p. 71-76, 2011.

COSTA, J. W. D.; OLIVEIRA. M. A. M. (Orgs.). Novas linguagens e novas tecnologias: educação e sociabilidade. Petrópolis: Vozes, 2004.

FIGUEIREDO E PAULA, H.; et al. Fundamentos pedagógicos para o uso de simulações e laboratórios virtuais no ensino de ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 17, n. 1, p. 75-103, 2017.

FIRME, R. N.; AMARAL, E. M. R. Analisando a implementação de uma abordagem CTS na sala de aula de química. Ciência & Educação, v. 17, n. 2, p. 383-399, 2011.

GIORDAN, M. Análise e reflexões sobre os artigos de Educação em Química e Multimídia publicados entre 2005 e 2014. Química Nova na Escola, v. 37, n. 2, p. 154-160, 2015.

GIORDAN, M. O papel da experimentação no ensino de ciências. Revista Química nova na escola, v. 10, n. 10, p. 1-13, 1999.

JOHNSTONE, A. H. The development of chemistry teaching. Journal of Chemical Education, v. 70, n. 9, p. 701-705, 1993.

LARA, A. E.; SOUSA, C. M. S. G. O processo de construção e de uso de um material potencialmente significativo visando a aprendizagem significativa em tópicos de colisões: apresentações de slides e um ambiente virtual de aprendizagem. Experiências em Ensino de Ciências, v. 4, n. 2, p. 61-82, 2009

MACHADO, A. S. Uso de softwares educacionais, objetos de aprendizagem e simulações no ensino de química. Revista Química Nova na Escola, v. 38, n. 2, p. 104-111, 2016.

MACHADO, L. L.; SILVA, J. T. Objeto de aprendizagem digital para auxiliar o processo de ensino aprendizagem no ensino técnico em informática. RENOTE, v. 3, n. 2, 2005.

NUNES, E. T.; SILVA, I. P.; MERCADO, L. P. L. Levantamento dos temas TIC e EAD nos periódicos Qualis. Informática na Educação: teoria e prática, v.19, p. 15-34, 2017.

OLIVEIRA, S. F.; et al. Softwares de simulação no ensino de atomístca: experiências computacionais para evidenciar micromundos. Revista Química Nova na Escola, v. 35, n. 3, p. 147-151, 2013.

PAULETTI, F.; RAMOS, M. G. As concepções de professores de uma escola pública sobre o uso das TICs no ensino de química. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, v. 10, n. 22, p. 179-193, 2017.

RIBEIRO, A. A.; GRECA, I. M. Simulações computacionais e ferramentas de modelização em educação química: uma revisão de literatura publicada. Química nova, v. 26, n. 4, p. 542-549, 2003.

ROSA, R. R.; BORBA, R. E. S. R. Avaliação de softwares educativos: o olhar de uma professora de matemática. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 8, Recife, 2004. Anais... Recife: UFPE, 2004. Disponível em: . Acesso em 28 nov. 2011.

SAMPAIO, F. F. Modelagem dinâmica computacional e o processo de ensino-aprendizagem: algumas questões para reflexão. Revista Ciência em Tela, v. 1, n. 2, 2009.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LÚCIO, M. P. Metodologia de pesquisa. 5ª ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

SILVA, G. R.; MACHADO, A. H.; SILVEIRA, K. P. Modelos para o Átomo: atividades com a utilização de recursos multimídia. Química Nova na Escola, v. 37, n. 2, p. 106-111, 2015.

SILVA, I. P.; MERCADO, L. P. L. Levantamento dos temas TIC e EAD na biblioteca virtual Educ@. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), v.45, p. 970-988.

SILVA, I. P.; MERCADO, L. P. L. Levantamento de dados acerca do tema “experimentação mediada por interfaces digitais” (2005-2015). Revista Paidéi@ - Revista Científica de Educação a Distância, v. 10, n. 17, 2018.

SILVA, I. P.; MERCADO, L. P. L. Levantamento de dados acerca do tema “experimentação mediada por interfaces digitais “ (2005-2015). Paidéi@, v.10, p.1-25, 2018.

SILVA, I. P.; SILVA, A. T. M. O tema experimentos virtuais nos anais dos eventos brasileiros de ensino de Física (2005-2014). Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa), v.8, p.137-154, 2017.

SILVA, N. S.; FERREIRA, A. C.; SILVEIRA, K. P.. Ensino de modelos para o Átomo por meio de recursos multimídia em uma abordagem investigativa. Revista Química Nova na Escola, v. 38, n. 2, p. 141-148, 2016.

REFERÊNCIAS DOS ARTIGOS LEVANTADOS

A1

GABINI, W. S.; DINIZ, R. E. S. Os professores de química e o uso do computador em sala de aula: discussão de um processo de formação continuada. Ciência & Educação (Bauru), p. 343-358, 2009.

A2

ARROIO, A.; AYRES, C. Um estudo de Interações Intermoleculares com o auxilio de uma simulação computacional. Revista Brasileira de Ensino de Química, v. 5, n. 1/2 p.37-46, 2010.

AYRES, C.; ARROIO, A. Aplicação de uma sequência didática para o estudo de forças intermoleculares com uso de simulação computacional. Experiências em Ensino de Ciências, v. 10, n. 2, p. 164-185, 2015.

B1

BENITE, A. M. C.; BENITE, C. R. M.; SILVA FILHO, S. M. Cibercultura em Ensino de Química: elaboração de um objeto virtual de aprendizagem para o ensino de modelos atômicos. Química Nova na Escola, v. 33, n. 2, p. 71-76, 2011.

FIGUEIREDO E PAULA, H. Fundamentos pedagógicos para o uso de simulações e laboratórios virtuais no ensino de ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 17, n. 1, p. 75-103, 2017.

FREAZA, V. G. Aplicação de recursos multimídia para o ensino de Modelos Atômicos em Química: impressões e receptividade dos alunos do curso de engenharia. Revista Brasileira de Ensino de Química, v. 5, n. 1/2 p.47-56,2010.

GABINI, W. S.; DINIZ, R. E. S. Formação continuada de professores de química: uma proposta envolvendo a inserção da informática nas práticas de sala de aula. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 9, n. 2, 2009.

GIORDAN, M. Análise e reflexões sobre os artigos de Educação em Química e Multimídia publicados entre 2005 e 2014. Química Nova na Escola, v. 37, n. 2, p. 154-160, 2015.

HECKLER, V.; MOTTA, C.; GALIAZZI, M. C. Constituição da experimentação em ciências na modalidade EAD. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, v. 7, n. 14, p. 144-158, 2014.

MACHADO, A. S. Uso de softwares educacionais, objetos de aprendizagem e simulações no ensino de química. Revista Química Nova na Escola, v. 38, n. 2, p. 104-111, 2016.

MENDES, A.; SANTANA, G.; JÚNIOR, E. P. O uso do software PhEt como ferramenta para o ensino de balanceamento de reação química. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, v. 8, n. 16, p. 52-60, 2015.

OLIVEIRA, L. A.; GOMIDES, J. N. Desenvolvimento de um software educativo para o ensino experimental de Química. Revista Brasileira de Ensino de Química, v. 12, n. 1, 2017.

OLIVEIRA, S. F.; MELO, N. F., SILVA, J. T.; VASCONCELOS, E. A. Softwares de simulação no ensino de atomístca: experiências computacionais para evidenciar micromundos. Revista Química Nova na Escola, v. 35, n. 3, p. 147-151, 2013.

PAULA, A. C.; VERGARA, L.; LUZ, R. M.; VIALI, L.; LAHM, R. Softwares educacionais para o ensino de física, química e biologia. Revista Ciências & Ideias, v. 5, n. 1, p. 106-121, 2014.

PAULETTI, F.; CATELLI, F. Tecnologias digitais: possibilidades renovadas de representação da química abstrata. Acta Scientiae, v. 15, n. 2, p. 383-396, 2013.

SAMPAIO, F. F. Modelagem dinâmica computacional e o processo de ensino-aprendizagem: algumas questões para reflexão. Revista Ciência em Tela, v. 1, n. 2, 2009.

SILVA, G. R.; MACHADO, A. H.; SILVEIRA, K. P. Modelos para o Átomo: atividades com a utilização de recursos multimídia. Química Nova na Escola, v. 37, n. 2, p. 106-111, 2015.

SILVA, N. S.; FERREIRA, A. C.; SILVEIRA, K. P. Ensino de modelos para o Átomo por meio de recursos multimídia em uma abordagem investigativa. Revista Química Nova na Escola, v. 38, n. 2, p. 141-148, 2016.

SILVA, R. E.; SANTOS, E. Recursos didáticos no ensino de ciências: a utilização de multimidias. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, v. 2, n. 3, p. 166-173, 2009.




DOI: https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n27p841-855

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

_________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO:

E-mail: debatesemeducacao@gmail.com

Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Centro de Educação – CEDU
Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE
Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro do Martins
57072-900 - Maceió - AL, Brasil.
Telefone: +55 82 3214 1196
Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/

ISSN ELETRÔNICO: 2175-6600

DOI (Digital Object Identifier - Identificador de Objeto Digital)

Em 14 de dezembro de 2017, a Revista Debates em Educação passou a atribuir o DOI às suas publicações, padrão para identificação de documentos em redes digitais. 

Prefixo: 10.28998/2175-6600

QUALIS/CAPES (2013 - 2016):

– Ensino B1
– Interdisciplinar B4
– Letras / Linguística B4
– Psicologia B4
– Comunicação e Informação B4
– Sociologia B4
– Educação B5

PERIODICIDADE – QUADRIMESTRAL

De 2009 a 2016, a periodicidade da Revista Debates em Educação era semestral. A partir de 2017, a revista se tornou quadrimestral, de acordo com as datas abaixo:

– Primeiro quadrimestre: jan./abr. - limite para publicar a edição 30 abril.
– Segundo quadrimestre: maio/ago. - limite para publicar a edição 31 agosto.
– Terceiro quadrimestre: set./dez. - limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação foi contemplada com o Edital Fapeal Nº 5/2016 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos e com o Edital Fapeal Nº 9/2018 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação está indexada nas seguintes bases científicas.

 

. Open Journal Systems (OJS);

. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

. Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);

. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);

. Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Diadorim);

. Directory of Open Access Journals (DOAJ);

Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE);

European Reference Index for the Humanities (ERIH);

. Google Scholar;

. Clasificación Integrada de Revistas Científicas (CIRC);

. Periódicos de livre acesso (LivRe);

. Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Cientifico (REDIB);

. Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org);

. Journals for Free (J4F);

. Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR);

. Directory of Research Journals Indexing (DRJI);

. Elektronische Zeitschriftenbibliothek (EZB);

. Bielefeld Academic Search Engine (BASE);

. World Catalog (WorldCat);

Finna | Satakunta University of Applied Sciences Library;

. CiteFactor;

International Institute of Organized Research (I2OR).

 

                 

_________________________________________________________________________________________________________________________

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.