Ensino por investigação e cinética química: desafios e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13n31p41-66

Palavras-chave:

Ensino por investigação, Alfabetização científica, Cinética química.

Resumo

O presente estudo buscou refletir sobre a importância do ensino por investigação para a promoção do tema cinética química. Para tanto, realizou-se um levantamento bibliográfico sobre o conteúdo supracitado, além da elaboração e aplicação de uma sequência didática de caráter investigativo, de abordagem qualitativa, com duas turmas do curso de licenciatura em Pedagogia. Almejou-se, com isso, aperfeiçoar e validar a proposta em questão, de modo a favorecer a aprendizagem do tema com vista nos fatores: concentração, temperatura e superfície de contato. A análise dos dados apontou para a construção de conhecimento científico acerca do assunto trabalhado, bem como a necessidade de modificação da sequência didática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jozélio Agostinho Lopes, Universidade Federal de Alagoas

Professor do quadro efetivo dos Anos Iniciais da Rede Municipal de Caetés - PE. Doutorando em Ensino das Ciências pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE, com linha de pesquisa em processos de construção de significados em ensino de Ciências e Matemática; Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2020); Especialista em Gestão Educacional e Educação Infantil pela Universidade Candido Mendes - UCAM (2018); Licenciado em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF Sertão Pernambucano (2016); Licenciando em Pedagogia pela Universidade de Pernambuco - UPE. Membro do grupo de pesquisa: Laboratório para Educação Ubíqua e Tecnológica no Ensino de Química (LEUTEQ), da UFRPE. Atuou como bolsista no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID/CAPES (2011 a 2015), e como professor de Química na Rede Estadual de Ensino do Estado de Pernambuco (2012 a 2016). Temas de interesse: Ensino de Química; Ensino de Ciências por Investigação; recursos didáticos digitais; Alfabetização Científica.

Elton Casado Fireman, Universidade Federal de Alagoas

Possui graduação em Física-Bacharelado pela Universidade Federal de Alagoas (1995), mestrado em Física da Matéria Condensada pela Universidade Federal de Alagoas (1997) e doutorado em Física pela Universidade Federal de São Carlos (2002). Atualmente é professor associado 4 da Universidade Federal de Alagoas, atuando nos Programas de Pós-Graduação em Educação Brasileira e de Ensino de Ciências e Matemática, orientando alunos de mestrado e doutorado. Tem experiência na área de Educação, com ênfase no Ensino de Ciências para os Anos Iniciais, pautados na Alfabetização Científica e no Ensino por Investigação, e na Formação de Professores para o Ensino de Ciências, desenvolve, também, estudos que envolvem a prática do professor com o uso de TIC e de outras ferramentas didático-pedagógicas no Ensino de Ciências e Matemática.

Monique Gabriella Angelo da Silva, Universidade Federal de Alagoas

Professora do Instituto de Química e Biotecnologia -IQB da Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2014). Doutora em Química e Biotecnologia pela Ecole Nationale Supérieure de Chimie de Rennes (ENSCR) e pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), 2014. Possui graduação em Química Licenciatura pela Universidade Federal de Alagoas (2008) com formação complementar pela Regis University nos Estados Unidos (2006), e mestrado em Química Inorgânica pela Universidade Federal de Alagoas (2010) com formação complementar na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Atua (finalizando os trabalhos) como membro do Grupo de Catálise e Reatividade Química - GCaR. Adquirindo experiência na área de síntese de nanomateriais e Catálise. Atualmente desenvolve trabalhos na área de Ensino de Química trabalhando com a divulgação de Ciências, Metodologias alternativas para Ensino de Química, Tecnologias da Informação e Comunicação desenvolvidas e aplicadas para o Ensino de Química e extensão universitária. É atual coordenadora do Programa de Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional - PROFQUI da UFAL, e vice-coordenadora do curso de Química Licenciatura EAD. Membro do Grupo de Pesquisa "Formação de professores e Ensino de Ciências" situado no Centro de Educação (CEDU), professora credenciada aos Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciêcias e Matemática - PPGECIM, e Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional - PROFQUI/IQB/UFAL. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Ensino e Extensão em Química - QUICIÊNCIA, inserido dentro do Instituto de Química e Biotecnologia. Idealizadora do evento CientificaMente, QuiBreakout e Simbora que tem como objetivo permitir que a ciência esteja sempre ao alcance de todos.

Downloads

Publicado

2021-06-26

Como Citar

LOPES, Jozélio Agostinho; FIREMAN, Elton Casado; SILVA, Monique Gabriella Angelo da. Ensino por investigação e cinética química: desafios e possibilidades. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. 31, p. 41–66, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13n31p41-66. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/9657. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.