O educador social e suas competências de atuação profissional: um trabalhador da Educação pela LDBEN n.º 9.394/96?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n23p311-332

Palavras-chave:

Educador(a) social. Trabalhadores da educação. Atributos individuais. LDBEN 9394/96.

Resumo

Esse texto analisa a possibilidade de o(a) educador(a) social ser considerado(a) um(a) trabalhador(a) da educação no contexto da LDBEN n.º 9.394/96, mesmo atuando no trabalho social em organizações (não) governamentais na execução de políticas sociais que tenham o educativo como uma de suas ações de promoção cognitiva e social de pessoas em vulnerabilidade. Parte-se da hipótese de que as competências requeridas para ser educador(a) social são do campo da educação, o que sugere uma regulamentação profissional centrada no educativo. Essa afirmação é comprovada nos estudos da área sobre atuação e formação desse profissional, na legislação que trata desse trabalhador (Portaria n.º 397/2002, CBO; Resolução n.º 09/2014, SUAS), nos Projetos de Lei n.º 5.346/2009 e n.º 328/2015, nas seleções e concursos públicos para educador(a) social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Pereira, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Doutor em Educação, Universidade Federal da Bahia, Prof. e vice coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação de Jovens e Adultos - Mestrado Profissional. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação Social, Currículo e Formação de Educadores (GESCFORME).

Referências

ARAUJO, Ronaldo M. de Lima. As novas “qualidades pessoais” requeridas pelo capital. Trabalho e Educação, Belo Horizonte, n. 5, p. 18-33, jan./jun. 1999.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei n.º 5.346/2009. Dispõe sobre a criação da profissão de educador e educadora social e dá outras providências. Apresentado pelo deputado federal Chico Lopes em 3 de junho de 2009. Brasília, DF, 2009.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n.º 1, de 15 de maio de 2006: institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Brasília, DF, 2006. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf.>. Acesso em: 20 jul. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Conselho Nacional de Assistência Social. Resolução n.º 9, de 15 de abril de 2014. Ratifica e reconhece as ocupações e as áreas de ocupações profissionais de ensino médio e fundamental do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, em consonância com a Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do SUAS – NOB-RH/SUAS. Diário Oficial da União, Brasília, DF, seção 1, p. 209, 16 de abril de 2014. Disponível em: <http://www.assistenciasocial.al.gov.br/gestao-do-trabalho/CNAS_2014_-_009_-_15.04.2014-1.pdf>. Acesso em: 8 dez. 2016.

BRASIL. Ministério do Trabalho, Emprego e Renda. Portaria n.º 397, de 9 de outubro de 2002. Aprova a Classificação Brasileira de Ocupações - CBO/2002, para uso em todo território nacional e autoriza a sua publicação. Brasília, DF, 2002. Disponível em: <http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/legislacao.jsf>. Acesso em: 15 maio 2013.

BRASIL. Senado Federal. Projeto de Lei n.º 328/2015. Dispõe sobre a regulamentação da profissão de educadora e educador social e dá outras providências. Apresentado pelo senador Temário Mota em 1 de junho de 2015. Brasília, DF, 2015.

CASTORIADIS, Cornelius. A instituição imaginária da sociedade. Tradução de Guy Reynaud. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

CASTORIADIS, Cornelius. As encruzilhadas do labirinto III: o mundo fragmentado. Tradução de Rosa Maria Boaventura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

CASTORIADIS, Cornelius. Sujeito e Verdade no Mundo Social e Histórico. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

FERREIRA, Arthur Viana. A construção da profissão de educador social no ensino superior brasileiro: novas possibilidades de formação? REBES - Revista Brasileira de Ensino Superior, v. 2, n. 4, p. 70-79, out./dez. 2016. Disponível em: <https://seer.imed.edu.br/index.php/REBES/article/view/1461/1065>. Acesso em: 15 jul. 2017.

GADOTTI, Moacir. Educação popular, educação social, educação comunitária: conceitos e práticas diversas, cimentadas por uma causa comum. Revista Diálogos: pesquisa em extensão universitária, Brasília, DF, v. 18, n. 1, p. 1-23, 2012. Disponível em: <https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RDL/article/view/3909/2386>. Acesso em: 4 mar. 2013.

GATTI, Bernardete A. Educação, escola e formação de professores: políticas e impasses. Educar em Revista, Curitiba, n. 50, p. 51-67, out./dez. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/er/n50/n50a05.pdf>. Acesso em: 13 jun. 2014.

GRACIANI, Maria Stela Santos. Pedagogia social: impasses, desafios e perspectivas em construção. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PEDAGOGIA SOCIAL, 1., 2006, São Paulo. Proceedings online... São Paulo: Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2006. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000092006000100038&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 16 maio 2008.

LEIRO, Augusto Cezar; MORAES, Cândida A.; SANTOS, Vanessa Ribeiro. Educação Popular e Pedagogia Social: Diálogo singular e experiência plural. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 24, n. 43, p. 171-182, jan./jun. 2015. Disponível em: <https://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/viewFile/1323/904>. Acesso em: 12 dez. 2016.

MACHADO, Evelcy. A pedagogia social: diálogos e fronteiras com a educação não-formal e educação sócio-comunitária. 2013. Disponível em: <http://unisal.br/wp-content/uploads/2013/09/mesa_8_texto_evelcy.pdf>. Acesso em: 28 nov. 2016.

MACHADO, Lucília Regina de Souza. Usos Sociais do Trabalho e da Noção de Competência. In: HIRATA, Helena; SEGNINI, Liliana (Org.). Organização, Trabalho e Gênero. São Paulo: Senac, 2007. p. 277-312.

NATALI, Paula Marçal. Formação Profissional na Educação Social: Subsídios a Partir de Experiências de Educadores Sociais Latino-Americanos. 2016. 243 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016. Disponível em: <http://www.ppe.uem.br/teses/2016/2016%20-%20Paula%20Natali.pdf>. Acesso em: 21 ago. 2016.

OLIVEIRA, Dalila Andrade. Os trabalhadores da educação e a construção política da profissão docente no Brasil. Educar em Revista, Curitiba, n. especial 1, p. 17-35, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/er/nspe_1/02.pdf>. Acesso em: 11 dez. 2011.

PAIVA, Jacyara. Compreendendo as vivências e experiências produzidas na educação social de rua: desvelamentos pertinentes ao educador social de rua. 2011. 245 f. Tese

(doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro de Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2011. Disponível em: <http://portais4.ufes.br/posgrad/teses/nometese_48_JACYARA%20SILVA%20DE%20PAIVA.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2015.

PAIVA, Jacyara. Educação social de rua: renovando os debates e as práticas. Trabalho apresentado no VI Congresso Internacional de Pedagogia Social, São Paulo, jul. 2012. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/pdf/cips/n4v1/38.pdf>. Acesso em: 30 maio 2017.

PAULA, Ercília M. A. Teixeira de. Pedagogia social e educação social: análises das convergências e divergências teóricas dessas áreas. Ensino & Pesquisa, União da Vitória, v. 15, n. 2, p. 8-29, 2017. Disponível em: <http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/ensinoepesquisa/article/view/1645/pdf1>. Acesso em: 4 jun. 2018.

PEREIRA, Antonio. Os educadores e suas representações sociais da base epistemológica da pedagogia social do Projeto Axé. 2009. 236 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2009. Disponível em: <http://www.repositorio.ufba.br:8080/ri/bitstream/ri/10262/1/Tese%20Antonio%20Pereira.pdf>. Acesso em: 16 ago. 2010.

PEREIRA, Antonio. A educação-pedagogia no cárcere, no contexto da pedagogia social: definições conceituais e epistemológicas. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 10, p. 38-55, jan./dez. 2011. Disponível em: <http://www.seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/20214/10790>. Acesso em: 15 nov. 2013.

PEREIRA, Antonio. A formação inicial de educadores sociais no contexto dos cursos tecnológicos e de pedagogia: primeiras aproximações de um debate. Ensino & Pesquisa, União da Vitória, v. 15, n. 2, p. 46-71, 2017. Disponível em: <http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/ensinoepesquisa/article/view/1773/pdf3>. Acesso em: 3 dez. 2017.

PEREIRA, Antonio. A profissionalização do educador social frente a regulamentação profissional da educação social: as disputas em torno do Projeto de Lei 5.346/2009. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 3, p. 1294-1317, 2016. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6041/5910>. Acesso em: 28 dez. 2016.

PEREIRA, Antonio. Formação de educadores sociais: profissionalização técnica, para quê? Revista Brasileira de Educação de Jovens e Adultos, Salvador, v. 3, n. 6, p. 84-110, 2015. Disponível em: <https://www.revistas.uneb.br/index.php/educajovenseadultos/article/view/2136/1475>. Acesso em: 14 abr. 2018.

PEREIRA, Antonio. Os sujeitos da eja e da educação social: as pessoas em situação de vulnerabilidade social. Práxis Educacional, [S.l.], v. 15, n. 31, p. 273-294, jan. 2019. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/4673>. Acesso em: 27 fev. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/praxis.v15i31.4673.

PINTO, Álvaro Vieira. Sete lições sobre educação de adultos. São Paulo: Autores Associados/Cortez, 1993.

RAMOS, Marise Nogueira. A pedagogia das competências: autonomia ou adaptação? São Paulo: Cortez, 2001.

SALVADOR. Secretaria Municipal de Gestão. Processo Seletivo Simplificado Edital n.º 02/2011. Dispõe sobre a contratação temporária de excepcional interesse público de profissionais para desempenhar atividades no âmbito da Fundação Cidade Mãe – FCM. Diário Oficial do Município, Salvador, n. 6.502, ano XXIV, 3 ago. 2011.

SALVADOR. Secretaria Municipal de Gestão. Processo Seletivo Simplificado Edital n.º 02/2016. Dispõe sobre a contratação temporária de excepcional interesse público de profissionais para desempenhar atividades no âmbito da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza – SEMPS. Diário Oficial do Município, Salvador, n. 6.502, ano XXIX, 15 jan. 2016.

SALVADOR. Secretaria Municipal de Gestão. Processo Seletivo Simplificado Edital n.º 12/2017. Dispõe sobre a contratação temporária de excepcional interesse público de profissionais para desempenhar atividades no âmbito da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza – SEMPS. Diário Oficial do Município, Salvador, n. 6.957, ano XXX, 31 out. 2017.

SANTOS, Karine; PAULO, Fernanda dos Santos. (Des)encontros entre educação popular e pedagogia social. Ensino & Pesquisa, União da Vitória, v. 15, n. 2, p. 117-140, 2017. Disponível em: <http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/ensinoepesquisa/article/view/1779/pdf_19>. Acesso em: 14 mar. 2018.

SANTOS, Karine; STRECK, Danilo. Diálogos entre o social e o popular no campo educativo. Trabalho apresentado no VI Congresso Internacional de Pedagogia Social, São Paulo, jul. 2012. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/pdf/cips/n4v1/45.pdf>. Acesso em: 14 dez. 2016.

SANTOS, Pedro Pereira dos. Educar para quê? Uma análise gramsciana da prática do educador social com crianças e adolescentes. 2017. 297 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. Disponível em: <http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/28499/1/2017_tese_ppsantos.pdf>. Acesso em: 30 dez. 2017.

SAVIANI, Dermeval. Educação Brasileira: estrutura e sistema. 8. ed. Campinas: Autores Associados, 2000.

SCOCUGLIA, Afonso C. A pedagogia social de Paulo Freire como contraponto da pedagogia globalizada. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PEDAGOGIA SOCIAL, 1., 2006, São Paulo. Proceedings online... São Paulo: Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2006. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000092006000100002&lng=en&nrm=abn>. Acesso em: 2 jun. 2008.

SOUZA, Cléia Renata Teixeira. Educação Social e avaliação: indicadores para contextos educativos diversos. 2016. 220 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016. Disponível em: <http://www.ppe.uem.br/teses/2016/2016%20-%20Cleia%20Renata.pdf>. Acesso em: 15 abr. 2017.

SOUZA, Cléia Renata Teixeira; MÜLLER, Verônica Regina. Educador social: conceitos fundamentais para sua formação. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO – EDUCERE, 9., 26 a 29 de outubro de 2009, Curitiba. Anais... Curitiba: PUC-PR, 2009. p. 3201-3214. Disponível em: <http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2009/2658_1385.pdf>. Acesso em: 3 ago. 2017.

STRECK, Danilo. Ligações esquecidas: requisitos para uma pedagogia social latino-americana. Revista Diálogos: pesquisa em extensão universitária, Brasília, DF, v. 18, n. 1, p. 33-40, dez. 2012. Disponível em: <https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RDL/article/view/3910/2387>. Acesso em: 12 maio 2013.

TROJAN, Rose Meri; TAVARES, Tais Moura. O funcionário escolar como educador: formação dos trabalhadores em educação da rede estadual de ensino. Extensio: Revista Eletrônica de Extensão, Florianópolis, v. 4, n. 5, p. 1-15, 2007. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/extensio/article/view/5766/5292>. Acesso em: 3 jun. 2012.

UJIIE, Nájela; NATALI, Paula; MACHADO, Érico Ribas. Contexto da formação do educador social no Brasil. Educação Unisinos, São Leopoldo, v. 13, n. 2, p. 117-124, maio/ago. 2009. Disponível em: <http://revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/view/4937>. Acesso em: 12 jul. 2017.

VARGAS, Claudia Amélia. O programa Profuncionário e a valorização e profissionalização dos/as servidores/as não docentes da educação básica. 2015. 79 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2015. Disponível em: <http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/bitstream/tede/1138/1/Claudia%20Amelia%20Vargas.pdf>. Acesso em: 6 out. 2017.

Downloads

Publicado

2019-04-25

Como Citar

PEREIRA, Antonio. O educador social e suas competências de atuação profissional: um trabalhador da Educação pela LDBEN n.º 9.394/96?. Debates em Educação, [S. l.], v. 11, n. 23, p. 311–332, 2019. DOI: 10.28998/2175-6600.2019v11n23p311-332. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/5466. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.