As inter-relações entre a BNCC e o CRUA e suas implicações na disciplina de ensino religioso no Acre

a negligência do componente humano

Autores

  • Joelma Ferreira Franzini Universidade Federal do Acre (Ufac)
  • Tânia Mara Rezende Machado Universidade Federal do Acre (Ufac) https://orcid.org/0000-0002-7840-8271
  • Grace Gotelip Cabral Universidade Federal do Acre (Ufac)

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2023v15n37pe15113

Palavras-chave:

Base Nacional Comum Curricular, Currículo de Referência Único do Acre, Disciplina de Ensino Religioso, Ensino por competências e habilidades

Resumo

O presente trabalho é fruto de uma proposta de atividade da disciplina Organização do Trabalho Pedagógico na Escola, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Acre (PPGE/UFAC). Tem por objetivo refletir sobre a desvinculação da Disciplina de Ensino Religioso (ER) da religiosidade e cultura inerentes ao estado do Acre, tendo por pano de fundo o Currículo de Referência Único do Acre (CRUA) e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Trata-se de um estudo bibliográfico e documental que faz emergir similitudes explícitas e concepções implícitas entre a BNCC e o CRUA, no tocante ao ER. As considerações finais apontam que o CRUA é bastante semelhante a BNCC, e ambas as leis apresentam dificuldades e lacunas em atender as questões religiosas e culturais regionais, negligenciando a subjetividade humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Mara Rezende Machado , Universidade Federal do Acre (Ufac)

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre (1993), mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (2002), doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010) e Pós-Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Paraná com pesquisa sobre Currículos de Formação Inicial de Professores do campos, águas e florestas nas Amazônias. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação do Campo- Nupecamp, compõe o Conselho Editorial da Revista de Letras e Humanidades Muiraquitã com sede na UFAC e compõe a diretoria da Anpuh Acre como primeira secretária. É professora associada 3 da Universidade Federal do Acre, professora permanente do Mestrado Acadêmico em Educação da UFAC e do mestrado Profissionalizante em Ensino de História da mesma instituição. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículo e em Ensino de História.

Grace Gotelip Cabral, Universidade Federal do Acre (Ufac)

Possui Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, na linha de Políticas Públicas: concepção, implementação e avaliação (2010), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ em Currículo e Práticas de Ensino - (2003), Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre - UFAC (1995). Concluiu pesquisa em Estágio Pós-Doutoral no Programa de Pós-Graduação da Universidade Católica de Santos, sob a supervisão da Profa. Dra. Selma Garrido Pimenta (2020), abordando a Formação de professores da/na Docência Universitária. É Professora Associada da Universidade Federal do Acre em regime de Dedicação Exclusiva. Atua como docente vinculada ao Centro de Educação, Letras e Artes (CELA); Exerce o cargo de Diretora de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino - UFAC/PROGRAD, foi Diretora do Centro de Educação, Letras e Artes (2012-2015), Diretora de Pesquisa da PROPEG (2015-2016), Coordenadora no Programa Institucional de Iniciação a Docência - PIBID, no Subprojeto do Curso de Pedagogia (2014-2018) e atuou também como Coordenadora Pedagógica do Núcleo de Interiorização de Educação a Distância - NIEAD (2018). Possui experiência em ensino e gestão em escolas de Educação Básica (1988-2003). Na graduação ministra as disciplinas de Didática, Ensino de Geografia na Educação Infantil e Anos iniciais do Ensino Fundamental I e II, Investigação e Prática Pedagógica, Metodologia da Pesquisa em Educação e Orienta Trabalhos de Conclusão de Curso - TCC. e de iniciação científica. Na Pós- Graduação atua em cursos de Especialização Lato Sensu com as disciplinas: Teorias da Educação; Pressupostos Teóricos da Gestão Escolar; Didática do Ensino Superior; Metodologia do Trabalho Científico; Avaliação da Aprendizagem e Avaliação do Ensino Superior no Brasil. É Membro do GEPPEAC/UFAC - Grupo de Estudos e Pesquisa em Política Educacional, Gestão Escolar, Trabalho e Formação Docente, do Grupo de Estudo e Pesquisas sobre a Docência Universitária/UCSANTOS. É docente do PPGE/UFAC na linha 2 - Formação de professores e atua nos seguintes temas: Formação inicial e continuada de professores; Docência Universitária; Teorias e práticas pedagógicas; condições de trabalho e adoecimento docente no Ensino Médio e Superior . Desenvolve pesquisa sobre a formação didático-pedagógica na docência universitária. É membro associado da ANPED e da ANDIPE.

Referências

BOCK, A.; FURTADO, O.; TEIXEIRA, M. Psicologias. Uma introdução ao estudo de Psicologia. São Paulo: Saraiva, 1992. pág. 38-47. Disponível em: https://www.ufrgs.br/psicoeduc/chasqueweb/edu01011/bock-behaviorismo.pdf. Acesso em: 20 de dez. 2022.

BRANCO, E. P.; BRANCO, A. B. G.; IWASSE, L. F. A.; ZANNATA, S. C. BNCC: A QUEM INTERESSA O ENSINO DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES? Debates em Educação. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/7505. Acesso em: 09 dez. 2022.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 21 mai. 2022.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. LEI Nº 9.475, DE 22 DE JULHO DE 1997. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9475.htm. Acesso em: 10 de dez. de 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDB, nº 9.394. Brasília, DF: Senado, 1996.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. 2017.Disponível em: http://agbcampinas.com.br/site/http://agbcampinas.com.br/site/wpcontent/uploads/2017/08/BNCC_publicacao.pdf. Acesso em: 10 dez. 2022.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Promulgada em 05 de outubro de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 04 dez. 2022.

CURRÍCULO DE REFERÊNCIA ÚNICA DO ACRE. Governo do Estado do Acre. Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes. 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estados/ac_curriculo_acre.pdf. Acesso em: 17 de ago. de 2022.

FONTINELI, M. T.; SANTOS, R. S. A BNCC e suas Implicações no Processo de (Re)Formulação e Implantação da Proposta Curricular de Ciências Naturais do Município De Rio Branco – Acre. Disponível em:

https://www.editorarealize.com.br/editora/anais/conedu/2021/TRABALHO_EV150_MD1_SA116_ID2709_29072021173537.pdf. Acesso em 15 dez. de 2022.

GOODSON, I. Tornando-se uma matéria acadêmica: padrões de explicação e evolução. In: Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 2, 1990.

LIBÂNEO, J. C.; OLIVEIRA, J. F.; TOSCHI, M. S. Educação escolar: políticas, estrutura e organização.10. ed. São Paulo: Cortez, 2012. 544 p.

LOPES, A. C. Apostando na Produção Contextual do Currículo. In: AGUIAR, M. A.; DOUADO, L. F. A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas [Livro Eletrônico]. – Recife: ANPAE, 2018. p. 23-27. Disponível em: https://www.anpae.org.br/BibliotecaVirtual/4-Publicacoes/BNCC-VERSAO-FINAL.pdf. Acesso em 10 de dez. 2022.

MACEDO, E. Base Nacional Curricular Comum: novas formas de sociabilidade produzindo sentidos para a educação. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 12, n. 03, p. 1530-1555, 2014.

MACHADO, T. M. R. A Revisão Curricular do Curso de Licenciatura em História da Universidade Federal do Acre (1996-2005): relações de poder e resistência. Doutorado em Educação. PUC-SP. 2010.

MARSIGLIA, A. C. G.; PINA, L. D.; MACHADO, V. O.; LIMA, M. A base nacional comum curricular: um novo episódio de esvaziamento da escola no Brasil. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 9, n. 1, p. 107-121, abr. 2017.

SAVIANI, D. Histórias das ideias pedagógicas no Brasil. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2013.

SAVIANI, D. Transformações do capitalismo, do mundo do trabalho e da educação. In: LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval; SANFELICE, José Luís (Orgs). Capitalismo, trabalho e educação. 3. ed. Campinas: Autores Associados, Histedbr, 2005. p. 13-24.

Downloads

Publicado

2023-05-10

Como Citar

FRANZINI, Joelma Ferreira; Machado Tânia Mara Rezende; CABRAL, Grace Gotelip. As inter-relações entre a BNCC e o CRUA e suas implicações na disciplina de ensino religioso no Acre: a negligência do componente humano. Debates em Educação, [S. l.], v. 15, n. 37, p. e15113, 2023. DOI: 10.28998/2175-6600.2023v15n37pe15113. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/15113. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Formação Docente: Políticas e Práticas sob a perspectiva Human

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.