Estudo da Alfabetização Científica de alunos do 9° ano do Ensino Fundamental de um colégio particular da cidade de São Paulo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n23p169-185

Palavras-chave:

Alfabetização Científica, Ensino de Ciências, Teste de Alfabetização Científica Básica.

Resumo

Atualmente o ensino de Ciências objetiva o desenvolvimento da Alfabetização Científica. Essa é entendida como a aquisição de um conjunto de saberes científicos e tecnológicos que capacita o aluno a operar e se posicionar no mundo em que vive, atuando como um cidadão. Este artigo analisou o nível de Alfabetização Científica dos alunos do 9° ano de um Colégio por meio do Teste de Alfabetização Científica Básica e, também, comparou os Planos de Ensino de Ciências do Colégio com a matriz curricular do programa Science for All Americans, a partir do qual o TACB foi elaborado. Os resultados evidenciaram que 15,3% dos alunos são cientificamente alfabetizados e que a maior parte dos conceitos do programa Science for All Americans não são abordados nos Planos de Ensino de Ciências do Colégio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Alves Coppi, Universidade de Évora (UE)

Possui Graduação, Bacharelado e Licenciatura, em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Camilo (2010), Mestrado em Educação (Formação de Formadores) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2016). Doutorando em Ciências da Educação pela Universidade de Évora - Portugal. Sua área de atuação é Alfabetização Científica e Avaliação.

Clarilza Prado de Sousa, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1968), mestrado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1979), doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992), pós-doutorados pela Ecole des hautes études en sciences sociales (1996 e 2015) . Foi Coordenadora da Área de Educação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) de 2007 a outubro de 2014. Participa do Comitê Científico Scielo/Educ@. Foi propositora e Coordenadora da Cátedra UNESCO de Profissionalidade Docente, que reúne mais de 34 grupos de pesquisas em torno da problemática da formação do professor do período de 2006 a 2013. Exerce as funções de consultora do Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade - Educação (CIERS-ed) da Fundação Carlos Chagas. É professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Educação e do Programa de Mestrado Profissional Formação de Formadores. Ministra as disciplinas Avaliação Educacional, Representações Sociais e Educação. É Lider do Grupo de Pesquisa Núcleo de Pesquisa Internacional em Representações sociais (NEARS) da PUCSP , certificado pelo CNPq , que congrega alunos de iniciação científica, mestrando, doutorandos, pós doutorandos e professores nacionais e internacionais convidados. Pesquisadora Produtividade em Pesquisa 1D.

Referências

ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS. 2007. O Ensino de Ciências Ensino de Ciências e a educação básica: propostas para superar a crise. Recuperado de http://www.schwartzman.org.br/simon/abcedcient.pdf.

AMERICAN ASSOCIATION FOR THE ADVANCEMENT OF SCIENCE (AAAS). Project 2061: Science for all Americans. Washington: AAAS, 1989. Recuperado de http://www.project2061.org/publications/sfaa/online/sfaatoc.htm.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais (PCNs). Ciências naturais. Ensino Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997. 136p.

CAMARGO, A. N. B. de, PILAR, F. D.; RIBEIRO, M. E. M.; FANTINEL, M.; RAMOS, M. G. Alfabetização Científica: a evolução ao longo da formação de licenciandos ingressantes, concluintes e de professores de química. Momento: diálogos em educação, Rio Grande, v. 2, n. 20, p.19-29, ago. 2011. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/2425.

CANIÇALI, M. A. F. Análise pedagógica do Clube de Ciências como extensão escolar nos anos finais do Ensino Fundamental: em busca da Alfabetização Científica com enfoque CSTA. 20014. 114 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática, Instituto Federal do Espírito Santo, Vitória, 2014.

CARVALHO, L. M de. A natureza da Ciência e o ensino das Ciências Naturais: tendências e perspectivas na formação de professores. Pro-posições, Campinas, v. 12, n. 1, p.139-150, mar. 2001.

CHASSOT, A. Alfabetização Científica: questões e desafios para a educação. Ijuí: Unijuí, 1ª ed. 2000, 434 p., 2ª ed. 2001, 438 p.

CHASSOT, A. Alfabetização Científica: uma possibilidade para a inclusão social. Revista Brasileira de Educação, n. 22, p. 89-100, jan./fev./mar/abr., 2003.

GARCIA, R. N.,& LIMA, J. S. Estudo longitudinal dos níveis de Alfabetização Científica de estudantes do terceiro ano do ensino médio do Colégio de Aplicação UFRGS. In: Anais do 2º Congresso Internacional de Educação em Ciências, 2014, Foz do Iguaçu, 2014. v. 15. p. 026-239.

INEP. Indicadores Educacionais. Brasília: INEP/Ministério da Educação, 2014. Recuperado de http://portal.inep.gov.br/indicadores-educacionais.

INEP. Matriz de avaliação de Ciências. 2015. Recuperado de http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/marcos_referenciais/2015/matriz_de_ciencias_PISA_2015.pdf.

KRASILCHIK, M. Reformas e realidade: o caso do ensino das Ciências. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v.14, n.1, p. 85-93, 2000.

LAUGKSCH, R. C. Scientific Literacy: a conceptual overview. Science Education, v. 84, n. 1, p. 71-94, 2000. Recuperado de http://www.kcvs.ca/martin/EdCI/literature/literacy/Laugksch_Scientific_Literacy.pdf.

LAUGKSCH, R. C., & SPARGO, P. E. Construction of a paper-and-pencil test of basic scientific literacy based on selected literacy goals recommended by the American Association for the Advancement of Science. Public Understanding of Science, v. 5, p. 331-359, 1996.

LAUGKSCH, R. C., & SPARGO, P. E. Scientific literacy of selected South African matriculants entering tertiary education: a baseline survey. South African Journal of Science, v. 95, n.10, p. 427-432, 1999. Recuperado de https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED443720.pdf.

LORENZETTI, L., & DELIZOICOV, D. (2001). Alfabetização Científica no contexto das séries iniciais. Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, v. 3, n. 1, jun. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/epec/v3n1/1983-2117-epec-3-01-00045.pdf.

MARTELLI, J. M. Os desafios da prática pedagógica do ensino de Ciências ensino de Ciências biológicas frente às mudanças de paradigmas. 2004. 85 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2004.

MILLER, J. D. Scientific literacy for effective citizenship. 1996. In: YAGER, Robert E. (Ed.), Science/Technology/Society as Reform in Science Education, 185–204 p. Recuperado de https://eric.ed.gov/?id=ED403112.

MILLER, J. D. Scientific literacy: a conceptual and empirical review. Daedalus, v. 112, n. 2, p. 29-48, 1983. Recuperado de https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/844760/mod_resource/content/1/MILLER_A_conceptual_overview_review.pdf.

NASCIMENTO, F., FERNANDES, H. L. & MENDONÇA, V. M. O ensino de Ciências no Brasil: história, formação de professores e desafios atuais. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.39, p. 225-24, 9, set. 2010. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639728/7295

NASCIMENTO-SCHULZE, C. M. Um estudo sobre Alfabetização Científica com jovens catarinenses. Psicologia: Teoria e Prática, Santa Catarina, v. 8, n. 1, p.95-106, 2006. Recuperado de http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/ptp/article/view/1020/737.

NASCIMENTO-SCHULZE, C. M., CAMARGO, B. & WACHELKE, J. Alfabetização Científica e representações sociais de estudantes de ensino médio sobre ciência e tecnologia. Arquivos Brasileiros de Psicologia, Santa Catarina, v. 58, n. 2, p.24-37, jan. 2006. Recuperado de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-52672006000200004.

OLIVEIRA, W. F. A. de & SILVA-FORSBERG, M. C. Níveis de Alfabetização Científica de estudantes da última série do Ensino Fundamental. In: VIII ENPEC- Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2012, Campinas, SP. Anais do VIII Enpec e I CIEC. Rio de Janeiro: Abrapec, 2011. p. 00-11. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/viiienpec/resumos/R0671-1.pdf.

QEDU. Matrículas e Infraestrutura. 2014a. Recuperado de <http://www.qedu.org.br/escola/189216-santa-teresinha-colegio-salesiano/sobre>.

QEDU. Taxas de rendimento. 2014b. Recuperado de http://www.qedu.org.br/escola/189216-santa-teresinha-colegio-salesiano/taxas-rendimento.

SANTOS, P. R. dos. O Ensino de Ciências e a Ideia de Cidadania. Mirandum, Porto (Portugal), v. 10, n. 17, p. 25-34. 2006. Recuperado de http://www.hottopos.com/mirand17/prsantos.htm.

SANTOS, W. L. P. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, Brasília, v. 12, n. 36, p.474-550, dez. 2007. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n36/a07v1236.pdf.

SASSERON, L. H. & CARVALHO, A. M. P. de. Almejando a Alfabetização Científica no Ensino Fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências, São Paulo, v. 13, n. 3, p.333-352, jul. 2008. Recuperado de https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/445/263.

TEIXEIRA, M. A educação científica sob a perspectiva da pedagogia histórico-crítica e do movimento C.T.S. No ensino de Ciências. Ciência e Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p.177-190, out. 2003.

VIECHENESKI, J. P. & CARLETTO, M. R. Iniciação à Alfabetização Científica nos anos iniciais: contribuições de uma sequência didática. Investigações em Ensino de Ciências, vol. 18, n. 3, p. 525-543, 2013. Recuperado de https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/112/76.

VIECHENESKI, J. P., LORENZETTI, L. & CARLETTO, M. R. Desafios e práticas para o ensino de Ciências ensino de Ciências e Alfabetização Científica nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Atos de Pesquisa em Educação, v. 7, n. 3, p. 853-876. set./dez, 2012.

Downloads

Publicado

2019-04-25

Como Citar

COPPI, Marcelo Alves; SOUSA, Clarilza Prado de. Estudo da Alfabetização Científica de alunos do 9° ano do Ensino Fundamental de um colégio particular da cidade de São Paulo. Debates em Educação, [S. l.], v. 11, n. 23, p. 169–185, 2019. DOI: 10.28998/2175-6600.2019v11n23p169-185. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/6449. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.