Ensino Religioso perante a diversidade cultural e os escritos acadêmicos: produção de um estado do conhecimento

Rusiane da Silva Torres, Guilherme Paiva de Carvalho

Resumo


Esse trabalho apresenta como finalidade mostrar os resultados de um Estado do conhecimento (EC) realizado no Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), referente às produções acadêmicas relacionadas ao Ensino Religioso perante a diversidade cultural e o estudo das religiões afro-brasileiras nas escolas públicas. A metodologia adotada no artigo consistiu na análise qualitativa, por meio de uma pesquisa de revisão bibliográfica sobre o tema de estudo. Como resultado, se pode perceber que, embora a temática exponha uma quantidade relevante de pesquisas, a mesma ainda apresenta aspectos pouco debatidos, em especial, no que se refere ao estudo das religiões afro-brasileiras nas aulas do Ensino Religioso.


Palavras-chave


Estado do Conhecimento. Ensino Religioso. Diversidade religiosa. Proselitismo.

Texto completo:

PDF

Referências


BRITO, Lucelmo Lacerda de. Modelos divergentes de Ensino Religioso? Análises das experiências do RJ e SC. 2015. 208 f. Tese (Doutorado em Educação: História, Política e Sociedade) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo – SP, 2015. Disponível em: Acesso em: 13 Maio. 2019

CANDAU, Vera Maria. Multiculturalismo e educação: desafios para a prática pedagógica. IN: MOREIRA, Antônio Flávio, CANDAU, Vera Maria (orgs.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas / 2. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

CAPUTO, Stela Guedes. Ogan, adósu, òjè, ègbónmi e ekedi: O candomblé também está na escola. Mas como?. IN: MOREIRA, Antônio Flávio, CANDAU, Vera Maria (orgs.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas / 2. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

FERNANDES, Vânia Claudia. (As) simetria nos sistemas públicos de Ensino Fundamental em Duque de Caxias (RJ): a religião no currículo. 2014. 238 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Educação, Rio de Janeiro – RJ, 2014. Disponível em:

Acesso em: 13 Maio. 2019.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, São Paulo, ano 23, n. 79, p.257-272, ago. 2002.

LEÃO, Francisco Daniel Pereira. O diálogo inter-religioso na prática pedagógica dos professores da rede pública municipal de Fortaleza. 2016. 145 f. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) – Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Fortaleza - CE, 2016. Disponível em:

Acesso em: 13 maio. 2019.

MONSORES, Luciana Helena. Religião, ensino religioso e cotidianos da escola: discutindo a laicidade na rede pública estadual do Rio de Janeiro. 2014. 156 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Educação, Rio de Janeiro – RJ, 2014. Disponível em: Acesso em: 20 de maio. 2019.

MUNANGA, Kabengele. Superando o racismo na escola. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005.

NASCIMENTO, Sérgio Luís do. Políticas de Ensino Religioso e educação das relações étnico-raciais no Brasil. 2015. 248 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal Do Paraná – PR, 2015. Disponível em:

Acesso em: 13 maio. 2019.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte”. Diálogos Educacionais, v. 6, n. 6, p. 37–50, 2006. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2018.

ROIF, Patrícia de Oliveira. Narrativas de uma professora de Ensino Religioso Afro em escolas do município do Rio de Janeiro. 2016 108f. Dissertação (Mestrado em Educação) –

Faculdade de Educação. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2016. Disponível em:

Acesso em: 13 maio. 2019.

SANTOS, Gláucio Antônio. Encontros do ensino religioso nas cidades de Ouro Preto e Mariana: a laicidade da educação pública em questão. 2014. 178 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana - MG, 2014. Disponível em: Acesso em: 13 maio. 2019.

SILVA, José Walter Silva e. Cultura... Culturas: Tensões Pentecostais no Ensino da Religiosidade Afro-Brasileira. 2018. 270 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho (PPGE - Uninove) – SP, 2018. Disponível em:

Acesso em: 13 maio. 2019.

SOUSA, Evelin Christine Fonseca de. Formação docente para o Ensino Religioso em universidades federais: os cursos de Licenciatura em Ciências da Religião da UFPB, UFJF e UFS. Rio de Janeiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação): Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro – RJ, 2016. Disponível em:

Acesso em: 13 maio. 2019.

TOLEDO, Jessica Mustefaga de. Diversidade religiosa no contexto escolar: um estudo de caso sobre as percepções culturais de jovens do ensino médio. 2017. 141 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Centro-Oeste, Irati, PR, 2017. Disponível em:

Acesso em: 13 maio. 2018.




DOI: https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n25p295-306

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

_________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO:

E-mail: debatesemeducacao@gmail.com

Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Centro de Educação – CEDU
Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE
Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro do Martins
57072-900 - Maceió - AL, Brasil.
Telefone: +55 82 3214 1196
Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/

ISSN ELETRÔNICO: 2175-6600

DOI (Digital Object Identifier - Identificador de Objeto Digital)

Em 14 de dezembro de 2017, a Revista Debates em Educação passou a atribuir o DOI às suas publicações, padrão para identificação de documentos em redes digitais. 

Prefixo: 10.28998/2175-6600

QUALIS/CAPES (2013 - 2016):

– Ensino B1
– Interdisciplinar B4
– Letras / Linguística B4
– Psicologia B4
– Comunicação e Informação B4
– Sociologia B4
– Educação B5

PERIODICIDADE – QUADRIMESTRAL

De 2009 a 2016, a periodicidade da Revista Debates em Educação era semestral. A partir de 2017, a revista se tornou quadrimestral, de acordo com as datas abaixo:

– Primeiro quadrimestre: jan./abr. - limite para publicar a edição 30 abril.
– Segundo quadrimestre: maio/ago. - limite para publicar a edição 31 agosto.
– Terceiro quadrimestre: set./dez. - limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação foi contemplada com o Edital Fapeal Nº 5/2016 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos e com o Edital Fapeal Nº 9/2018 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação está indexada nas seguintes bases científicas.

 

. Open Journal Systems (OJS);

. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

. Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);

. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);

. Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Diadorim);

. Directory of Open Access Journals (DOAJ);

Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE);

European Reference Index for the Humanities (ERIH);

. Google Scholar;

. Clasificación Integrada de Revistas Científicas (CIRC);

. Periódicos de livre acesso (LivRe);

. Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Cientifico (REDIB);

. Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org);

. Journals for Free (J4F);

. Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR);

. Directory of Research Journals Indexing (DRJI);

. Elektronische Zeitschriftenbibliothek (EZB);

. Bielefeld Academic Search Engine (BASE);

. World Catalog (WorldCat);

Finna | Satakunta University of Applied Sciences Library;

. CiteFactor;

International Institute of Organized Research (I2OR).

 

                 

_________________________________________________________________________________________________________________________

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.