A BNCC e os gêneros discursivos uma análise das habilidades de língua portuguesa para o ensino fundamental I

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2020v0n67p269-281

Palavras-chave:

Base Nacional Comum Curricular. Ensino de Língua Portuguesa. Gêneros Discursivos.

Resumo

Não há dúvidas de que o contexto educacional brasileiro é preocupante, sobretudo no que diz respeito às competências linguísticas – leitura, compreensão e produção textual, por exemplo. Nesse sentido, o artigo “A BNCC e os gêneros discursivos: uma análise das habilidades de língua portuguesa para o ensino fundamental I” tem o objetivo de analisar alguns aspectos sobre gêneros discursivos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) sendo que o recente documento norteador da educação brasileira cita práticas e habilidades envolvendo-os. Para entender o trabalho com os gêneros no documento, a teoria dos gêneros do discurso de Mikhail Bakhtin (2011) e as indicações da linguística da enunciação de Émile Benveniste (1989,1995) foram utilizadas como suporte teórico. É, segundo Bakhtin, através dos gêneros do discurso que a vida e a língua se organizam. A partir dos pressupostos teóricos bakhtinianos e de habilidades de língua portuguesa para o 5º ano do ensino fundamental na BNCC, foi realizada uma análise teórica enunciativo-discursiva, visando uma percepção de ensino de Língua Portuguesa próxima aos preceitos da teoria dos gêneros do discurso e relacionada à BNCC.

Downloads

Publicado

15/12/2020

Como Citar

TOLDO, C.; SCHMITT PRYM MARTINS, G. A BNCC e os gêneros discursivos uma análise das habilidades de língua portuguesa para o ensino fundamental I. Leitura, [S. l.], n. 67, p. 269–281, 2020. DOI: 10.28998/2317-9945.2020v0n67p269-281. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/11081. Acesso em: 28 set. 2022.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.